As "máximas" de Canakya Pandita


  Sri Chanakya Pandita, também conhecido como Kautilya, e às vezes como Visnugupta ganhou fama eterna 2.500 anos atrás por dois motivos: os seus escritos em sânscrito sobre a civilidade e os seus conselhos práticos. Ainda hoje, na capital da Índia, Nova Delhi, a área diplomática tem um nome: Chanakya Pandita.

*Alguém cujo conhecimento está confinado a livros e cuja riqueza está na posse de outros, não pode usar seu conhecimento nem sua riqueza quando precisa deles.
 
*Da mesma maneira que uma árvore quando incendiada provoca a queima de toda a floresta, similarmente, um mau filho destrói uma família inteira.
*Existem três jóias sobre a terra: alimento, água, e palavras agradáveis- os tolos ( Mudhas) consideram pedaços de pedras como jóias.

* Não devemos nos lamentar por aquilo que passou, nem devemos ansiar pelo futuro. Um homem de discernimento lida somente com o presente momento.
 
*No mundo material, a vida pode terminar a qualquer momento, mas se durante esta vida a pessoa fizer algo útil, esta qualificação é registrada eternamente na história.
 
*A combinação entre o homem e a mulher vale a pena se as qualidades de ambos estão no mesmo nível.
 
*Nunca deposites tua fé numa mulher ou num político.
 
*Se alguém tem uma esposa semelhante a uma raposa astuciosa, ele deve imediatamente deixar de viver no lar e ir para a floresta.
 
*Uma mulher torna-se bela através de sua castidade e fidelidade ao seu esposo, e uma pessoa feia fica bela ao tornar-se um sábio erudito.
 
* Não há austeridade maior do que uma mente equilibrada e felicidade igual ao contentamento; não há doença como a cobiça e nem virtude como a misericórdia .
 
*Não viva num país onde você não é respeitado, não pode manter o seu sustento, ter amigos ou adquirir conhecimento.
 
*Pobreza é realçada pela coragem, roupas gastas mantendo-as limpas, comida ruim aquecendo-a e feiúra por boa conduta.
 
*Um homem desprovido de riquezas não é pobre; na verdade ele é rico se for erudito, mas o homem desprovido de conhecimento é pobre em todas as formas.