Srila Vana Maharaj fala sobre o cristianismo.

   Na Bíblia está escrito em diversos locais que Deus é nosso Pai e que nós somos Seus filhos. O relacionamento é esse, de pai e filho, humor parental (vatsalya-rasa).

   Srila Bhaktivedanta Svami Maharaj muito lindamente explica que o nome “Cristo”, na verdade tem como origem a palavra “Krsna”. Mas naquela época os ocidentais não conseguiram falar a palavra “Krsna”, que foi de “Krsna” para “Cristo”.  Na verdade, um cristão perfeito é também um Krsna-bhakta perfeito.

  Até mesmo hoje em dia, se você for para o sul da Índia, na Orissa, eles também não conseguem pronunciar “Krsna” corretamente. Dizem “ku-ru-shu-na”, “hare kurushuna”. Quem é mesmo de Orissa, não consegue cantar “Hare Krsna”, cantam “hare kurushuna”. Caso você vá para Jagannath Puri, você verá isso. Na verdade, a palavra original em sânscrito é “hare krishna”, “krí-shí-na”.
  Se você ler a Bíblia ou os Vedas, Upanisads, verá que são a mesma coisa. Apenas são idiomas diferentes e formas diferentes de exposição da mesma filosofia. Na Bíblia está expressamente escrito: “Não matarás”. Você não deve, portanto, matar ninguém, deve se tornar um ser humano!

  A Bíblia também diz que Deus é o Amor e que o Amor é Deus. E os Vedas, Upanisads falam a mesma coisa. Nossa meta mais elevada é atingir o Amor Divino, pois Deus é a personificação do Amor e o Amor é a personificação de Deus. Deus é Amor e o Amor é Deus. Em sânscrito dizemos: “prema-mayi bhagavan”, Deus é a personificação do Amor Divino.
  O Senhor deu a Sua potência no coração de Jesus e por isso ele pregou a sua mensagem pelo mundo inteiro. Sem a misericórdia do Senhor ninguém consegue pregar as Suas glórias.

  Jesus manifestou diversos milagres durante sua vida. Certa vez, Jesus viajava de barco [com seus discípulos] e, quando passavam pelo meio do oceano, houve uma grande tempestade, com ondas muito grandes. Enquanto isso, Jesus dormia. Todos os seus seguidores ficaram com medo: “O que faremos agora?” Tudo balançava no barco. Acordaram Jesus dizendo: “O barco está quase afundando e o Senhor está dormindo!” E ele disse: “Não se preocupem, tenham fé de que o Senhor nos salvará! Pois o Senhor é o nosso mantenedor e quem nos protege também”. Mas o barco continuava mexendo. Então Jesus disse: “Ok, então venham! Pulem comigo!” E Jesus pulou na água. “Não se preocupem, apenas me sigam!”
  O ensinamento desta história é sobre como seguir a instrução de guru. Se você tiver fé em guru, seguirá as suas instruções. Isto é muito importante em sua vida, sempre seguir as instruções de Sri Gurupadpadma. O significado de vida espiritual é esse: seguir as instruções de guru. Jesus fez o papel de guru. O que o guru falar, você tem que seguir. Portanto sempre siga as instruções do guru.

  Sempre dê respeito a todos. Veja o próprio Jesus. Ele foi crucificado, mas mesmo assim orou ao Senhor dizendo: “Ó Senhor, perdoe-os, eles não sabem o que fazem... Dê-lhes a Sua misericórdia”. Jesus é a personificação do trnad api sunicena. Veja como na Bíblia encontramos as mesmas coisas! Na Bíblia encontramos os mesmos ensinamentos que estão em nossos Vedas, Puranas, Upanisads. Idênticos. O que ocorre é que as pessoas entendem de outra forma e pregam desse outro modo, desencaminhando os demais. Por este motivo, Srila Bhaktivedanda Svami Maharaj disse que os cristãos de verdade vivem na Pura Consciência de Krsna.
Palavras de Srila Bhaktivedanta Vana Maharaja em Sri Gaura Mandir, Teresópolis, Rio de Janeiro, Brasil. 25 de dezembro de 2015.