Qual a origem da alma?


       A região tatastha fica entre os mundos espiritual e material e é onde se manifestam os seres vivos. O Brihadaranyaka Upanishad (4.3.9 & 18) descreve-o da seguinte forma: "uma pessoa tem dois lugares: o mundo espiritual e o lugar onde o mundo espiritual encontra um outro mundo. Há também um terceiro lugar, um lugar de sonhos [o domínio material]. Estando entre eles, a alma vê de um lado o mundo espiritual e do outro um lugar para sonhar... Como um peixe grande em um rio pode ir de uma margem a outra, a pessoa pode ir para um mundo ou para o outro. Ele pode ir para um mundo onde ele está acordado, ou pode ir para um mundo de sonhos".  
     A região tatastha é explicada ainda por Srila Bhaktivinoda Thakur em seu Jaiva Dharma , da seguinte forma: O lugar onde as águas do rio se encontram com a terra da margem é chamado de "tata". "Tata" é o lugar onde a água encontra a terra. O que é a natureza do presente "tata"? "Tata" é como a mais fina das linhas, tão pequena que os olhos materiais brutos não podem sequer vê-la. Neste exemplo, o mundo espiritual é como a água e o mundo material é como a terra. A fina linha que os separa é o "tata". Esse lugar de fronteira é a morada das almas individuais. As almas individuais são como as partículas atômicas da luz solar. As almas podem ver o mundo espiritual e mundo material criado por maya. A potência espiritual do Senhor, chit-shakti, é ilimitada e a potência material do Senhor, maya-shakti, é gigantesca. Em pé, entre elas, a alma individual é muito pequena. As almas individuais manifestam-se da tatastha-shakti do Senhor Krishna. Portanto as almas são naturalmente situadas na fronteira (tatastha) de matéria e espírito. A natureza "tatastha" das almas refere-se ao fato de que elas devem estar sob o controle de uma dessas duas potências.
     O local de "tata" (margem) pode mudar. O que antes era terra seca pode ser coberta com água, e o que era uma vez coberta por água pode novamente tornar-se terra seca. Se ela [a alma jiva] volta seu olhar para o senhor Krishna, a alma vem sob o abrigo de potência espiritual do senhor Krishna. Mas se ela se afasta Krishna e vira seu olhar para a potência material, Maya, então a alma é pega por sua armadilha. Isso é o que se entende por "natureza tatastha da alma ". As almas são completamente espirituais. No entanto, porque elas são atômicas em tamanho, as almas não são muito fortes. É por isso que maya pode dominá-la. No entanto, na natureza da alma não existe o menor perfume de maya.

                                   Por "Baktivinoda Thakur" baseado no "Brihadaranyaka Upanishad".