Quem é o devoto mais exaltado do Senhor Krishna?

 
     Essa pergunta foi feita a Srila Bhakti Raksak Sridhar Maharaj em uma assembleia de panditas no sul d Índia. Alguns disseram que os quatro Kumaras eram os devotos supremos do Senhor.
    Srila Sridhar Maharaj citou  o sloka do Bhagavatm 11.14.15. Neste verso, o Senhor Krsna diz a Udhava: "O pai do Kumaras, o Senhor Brahma, é o Guru deles, mas ele não é tão querido para Mim quanto você. Mesmo Sanhkara (o Senhor Shiva) que é o maior de todos os vaisnavas e que está sempre cantando Meus Santos Nomes, não é tão querido para Mim quanto você. Laksmidevi, a deusa da fortuna que reside em Meu peito, também não é  tão querida para Mim quanto você. Mesmo Meu próprio Eu, não é tão querido para Mim quanto você. Você é Meu devoto mais querido".
    Logo depois, Udhava foi a Vrndavana e, quando viu  o modo devocional, a dedicação das Vraja-gopis e a entrega de todo coração delas para o serviço a Krsna , ele disse:  "Se eu puder nascer como uma folha de grama nas trilhas de Vrndavana, por onde as Vraja-gopis caminham, então a poeira dos pés delas irão abençoar-me e, desta maneira, sentirei que minha vida teve sucesso". Bhagavatam 10.47.61
    Não resta sombra de dúvida que o Senhor Krsna está mais satisfeito  com a devoção das gopis do que com Brahma, Seu discípulo mais querido, Seu querido irmão Sankarsan, Lakismidevi que sempre reside em Seu peito ou mesmo Seu mais querido devoto, o Senhor Shiva.
   Os Vraja-vasis, especialmente as Vraja-gopis, têm esse tipo de dedicação, devoção e atitude de serviço de total entrega e Udhava, o mais querido devoto e discípulo do Senhor Krsna declara isto. Essa é a verdadeira e real consciência de Krsna e a verdadeira consciência de Krsna está prosseguindo nesta linha.
 
Relato de Srila Bhakti Sundar Govinda Dev-Goswami Maharaj

 


Se o sadhaka está num corpo masculino como ele pode atribuir gopi-bhava a si mesmo?

Obs-Gopi-bhava significa atribuir para si o humor de ser a esposa de um gopa que ainda não tem filhos.
 
  Srila Bhaktivinoda Thakur responde: As pessoas somente se consideram masculinas porque elas estão sob a influência da natureza ilusória imposta por maya. Exceto para os associados eternos de Krsna em forma masculina, a natureza espiritual inerente e pura de todos os outros é feminina. Na verdade, não há características masculinas e femininas na estrutura espiritual, mas o sadhaka pode alcançar elegibilidade para ser uma vraja-vasini (residente de Vraja) quando ele próprio é movido pelo svabhava(natureza) e um abhimana (autoconcepçao) fixo. Somente aqueles têm que ruci (gosto)por madhura-rasa são elegíveis para se tornar vraja-vasinis. Se a pessoa executa sadhana de acordo com seu ruci, ela alcançará o estado de perfeição que corresponde exatamente à natureza deste sadhana.

Por que devemos tocar nas contas ao cantar os santos nomes?

    
 
    Deve-se cantar hari-nama constantemente, cantar os nomes apropriadamente em tulasi-mala, ou na ausência desta, contar nos dedos. O motivo de manter a conta é para que o sadhaka saiba se sua prática de sri-hari-nama está aumentando ou diminuindo. Tulasi-devi é muito querida por Hari, assim tocá-la enquanto canta o hari-nama significa que hari-nama concede mais benefícios.












Palavras de Srila Bhaktivinoda Thakur

Como executar serviço à Tulasi (tulasi-seva)?

   
 
 
   Há nove maneiras de executar tulasi-seva: ter darsana de Tulasi, tocar Tulasi, lembrar-se de Tulasi, fazer kirtana de Tulasi, oferecer reverências a Tulasi, ouvir as glórias e passatempos de Tulasi, plantar Tulasi, cuidar de Tulasi, e fazer adoração (nitya-puja) diária a Tulasi.
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
          Fonte: Jaiva-Dharma, de Srila Bhaktivinoda Thakur

 

 

Como entender as ações e reações neste mundo?


Śrīla Bhakti Siddhānta Saraswatī Ṭhākur resume da seguinte forma:

  Aqueles que são inteligentes consideram a reação cármica como misericórdia do Senhor. Eles suportam e continuam vivendo, já tendo se rendido ao Senhor através de pensamento, palavra e ação. Eles aceitam qualquer adversidade que ocorre como reação às suas próprias ações e não culpam o Senhor. Em vez disso, eles aceitam todas as adversidades em suas cabeças como misericórdia e se tornam ainda mais encantados com o Senhor. Este é o ensinamento do Bhāgavatam [10.14.8]: “Aquele que vê Sua misericórdia perfeitamente, suporta as reações de suas ações passadas, e que vive em submissão a Você com a mente, corpo e palavras, é um herdeiro para a libertação—O seu eterno serviço”. 

Comentário de Śrīla Viśvanāth Chakravartī Ṭhākur:

  Assim como um pai misericordiosamente alimenta seu filho com leite e outras vezes com suco de neem, às vezes o abraça e o beija, e outras vezes lhe dá um tapa, então “como um pai para seu filho, meu Senhor, Você certamente sabe o que é bom e ruim para mim; eu não sei nada. Além disso, tempo e carma não tem jurisdição sobre mim, já que eu sou Seu devoto; é Você quem misericordiosamente me faz experienciar felicidade e tristeza, e Você me engaja em Seu serviço”.

Como posso ver Bhagavan?


  Havia uma pessoa de Navadvipa-dhama que costumava visitar Srila Vamsi dasa Babaji Maharaja , que era um sadhu Gaudiya Vaishnava que viveu no Swarupa Gunj, Navadwip, durante a época de Srila Bhaktisiddhanta Saraswati Thakur e era muito respeitado por ele. Um dia, ele pensou: "Eu tenho o desejo de obter o Senhor Supremo. Como posso obter Bhagavan?" Esta pessoa voltou várias vezes para ver Babaji Maharaja. Finalmente, um dia, ele se aproximou de Maharaja.
"O que você quer?" Babaji Maharaja perguntou a ele.

"Eu quero ver Bhagavan", disse o homem.

Babaji Maharaja respondeu com apenas uma frase: "Então chore por ele".