Srila Pramode Puri Maharaja nos ensina a servir o mestre espiritual.


   "Como pode qualquer apego ou ódio por objetos materiais encontrar um lugar no coração daquele onde o apego ao guru, o associado eterno de Srimati Radharani, despertou? Em um grande coração, há uma consciência constante da necessidade absoluta de atingir a meta suprema da vida, o serviço amoroso a Sri Krishna. Este  é o propósito último da vida para cada entidade viva. O próprio Srila Prabhupada disse: ‘O objetivo final de nossos desejos é nos tornarmos grãos de poeira aos  pés de lótus dos seguidores de Srila Rupa Gosvami.  Permaneçam unidos seguindo o asraya-vigraha ( devoto puro) para satisfazer os sentidos transcendentais da Verdade Suprema, não dual.  Que nunca, em circunstância alguma, sejamos indiferentes à chama sagrada do Sagrado Nome. Se nossa atração por ele permanece sempre crescente, alcançaremos toda a perfeição’.

   Oremos para que nosso compromisso com estas últimas instruções de sua manifesta presença neste mundo possa ser infalível. Que nunca interpretemos essas palavras para provocar significados secundários que nos permitam nos envolver na gratificação dos sentidos, mas, em vez disso, dedicarmos com determinação todas as nossas energias e trabalharmos juntos, buscando o prazer dos ‘sentidos da não dual Verdade Suprema’, tornando isso o único objetivo de nossas vidas. Se desejamos mostrar nosso amor e fé para nosso mestre espiritual, será seguindo estes ensinamentos. No entanto, ao invés de dar total atenção aos desejos do mestre espiritual, podemos nos concentrar em servir seu corpo ou as extensões de seu corpo representados por templos e asramas. Se o fizermos, nunca estaremos livres da armadilha de ver o guru em termos puramente humanos (martyasad-dhih). O Senhor só pode ser visto através do caminho do som transcendental (srutekshita-pathah) e o mestre espiritual, sendo seu representante manifesto, também é perceptível através da vibração sonora divina."  

Ensinamentos de Srila Bhakti Pramode Puri Gosvami Maharaj.(Fonte: De amor e separação: Meditações Sobre Meu Divino Mestre).