A árvore Imli em Vrndavana.


A árvore Imlitala
   Nos momentos dos passatempos de Krsna em Vraja, a ancestral árvore Imli (tamarindo) que existia aqui era enorme! Esta árvore desapareceu, e desde então uma nova árvore imli permanece neste local.

   Em meio à Rasa-lila, Krsna desapareceu a fim de dissipar o orgulho das gopis, devido à grande boa fortuna que tinham (saubhagya-mada) e para apaziguar o mana de sua Priyaji. Ele seguiu Priyaji até Srngaravata, onde Ele começou a decorá-la com belas flores. Nesse momento, as outras gopis que procuravam por Krsna, se aproximaram do local onde Radha e Krsna estavam. Sri Krsna pediu à Priyaji para deixarem o local, mas Ela disse: “Eu sou incapaz de caminhar. Carregue-me em seus ombros”. Krsna se abaixou, indicando à Priyaji que sentasse em Seus ombros. Exatamente quando Ela ia fazer isso, Krsna desapareceu novamente. Agora, Ela também lamentava em separação: “Oh Natha, Oh Ramana!” e desmaiava. As outras gopis ficaram muitos angustiadas ao encontra-lA nesta condição.
A àrvore imli coberta



  Tendo deixado Srimati Radhika, Sri Krsna começou a sentir profunda separação. Sentado sobre a árvore Imlitala, às margens do Yamuna, Ele ficou tão absorto em pensamentos sobre Radha, que Seu brilho corpóreo se tornou dourado assim como o dEla.

A parte frontal do templo
   Enquanto visitava Vraja, cerca de quinhentos e cinquenta anos atrás, Sri Caitanya Mahaprabhu residiu por muitos dias no Akrura-ghata. Diariamente, Ele vinha a esta belíssima Imlitala-ghata às margens do Yamuna, onde Ele permanecia imerso em bhava quando Ele cantava os Santos Nomes do Supremo Senhor Hari.










As vacas dentro do templo