Por que alguns duvidam do vaisnava dharma?


   Babajis que são realmente renunciados rejeitam completamente a cobiça por mulheres, riqueza e assim por diante.

   Hoje em dia, as pessoas comuns estão perdendo a fé no Vaisnavismo, porque vêem que esses defeitos (cobiça, apego a riqueza, etc) estão se espalhando entre as pessoas supostamente renunciadas.

   A essência da questão é que aqueles que aceitam os símbolos de renúncia sem ter desenvolvido o desapego genuíno que surge a partir de rati (amor à Bhagavan), é uma perturbação na sociedade e uma vergonha para o vaisnava-dharma.

  Sua própria queda e a difamação de vaisnava-dharma são ambas garantidas quando eles aceitam bheka (vestes de renunciante) antes de serem qualificados para fazê-lo.

Explicação de Srimad Bhaktivedanta Narayana Goswami Maharaja

Como fazer serviço ao Guru?


   Hoje em dia, as pessoas vão ao seu Guru a cada minuto e perguntam: "Ó Gurudeva, qual é o meu dever?  Guru Maharaj, o que devo fazer em seguida?  Guru Maharaj, você gosta de todo mundo, mas não gosta de mim.  Gurudeva, como vou fazer progresso?  Guru Maharaj,  Guru Maharaj! ... ." O discípulo tenta fazer Gurudeva seu servo. Isto não é chamado guru-seva.

   Se Gurudeva nos dá qualquer instrução, devemos praticar isso com todo o nosso coração para a vida inteira. Se não temos força, então devemos orar profundamente por suas bênçãos e continuar a seguindo as suas instruções. Se estamos qualificados, automaticamente Deus e Gurudeva nos darão todas as oportunidades. Se não estamos qualificados, podemos pedir uma instrução  mil vezes, mas eles não vão dizer nada, porque somos falsos.

   Assim, devemos orar: "Ó Mestre, faça-me o seu servo.  Sou muito caído. Se não estou com você, então qualquer outra pessoa vai me roubar e me fazer seu servo ".

Palavras de Sripad Premananda Prabhu

Qual a utilização adequada da riqueza?


   Eu escutei de Śrīla Swāmī Mahārāj, Śrīla A.C. Bhaktivedānta Swāmī Mahārāj Prabhupād, que quando devotos se uniam à Missão, ele os dava quatro regras e regulamentações: sem intoxicação, sem sexo ilícito, sem jogo e sem comer carne. No Śrīmad Bhāgavatam existem cinco restrições que são dadas, mas Swāmī Mahārāj somente passava essas quarto. Ele não passava a quinta restrição, que é dinheiro. Ele guardava isso para si mesmo. É algo muito bonito; ele mesmo assumia isso. Ele dizia aos devotos: “Você coleta dinheiro, o dá para mim e eu o usarei para Mahāprabhu. Assim, nada de ruim acontecerá com você”.

  Uma vez, um grande devoto de Śrīla Guru Mahārāj (Śrīla Bhakti Rakṣak Śrīdhar Dev-Goswāmī Mahārāj) deu uma doação para ele. Śrīla Guru Mahārāj estava contente e aquele devoto também ficou  contente. Śrīla Guru Mahārāj recebeu a doação e perguntou-lhe muitas coisas e notícias sobre outros devotos. Depois, aquele devoto perguntou para Guru Mahārāj: “Mahārāj, o que você fará com essa doação? Qual sevā você fará com isso?”. Guru Mahārāj imediatamente mudou e disse: “Isto não é o seu dever. Este é o meu dever. Seu dever está acabado”.

  É necessário saber o que é a consciência de Kṛṣṇa. O discípulo deve se render completamente ao Guru, e através do Guru ele receberá tudo.

Comentário de  Śrīla Bhakti Sundar Govinda Dev-Goswāmī Mahārāj

Saber de tudo é importante para a vida espiritual ?


  Assim como você deve eliminar a sua energia para a exploração, você deve eliminar a sua curiosidade de saber tudo. Isto é também um anartha, indesejável. É seu inimigo no decorrer de sua busca pelo objetivo real. A tendência de explorar e a tendência de saber são ambos seus inimigos.

  Curiosidade, a tendência de saber tudo, é um fardo sutil para você. Abandone-o! Cuide da sua vida e se renda. A curiosidade é inimiga da rendição. A curiosidade, isso e aquilo—muitas coisas—é inimiga do princípio da rendição.

  Ele vai cuidar de você. Ele é infinito, e Ele é todo bom. Com curiosidade, com o conhecimento, queremos calcular para ver se estamos recebendo menos, para ver se estamos sendo enganados, para ver se há alguma possibilidade de sermos enganados no plano que vamos entrar. Então, nós queremos saber. Não podemos colocar fé no ambiente.

  Esta é a mentalidade dos ateístas. Eles não conseguem tolerar a rendição. É sem fé, suspeito. Eles não aprendem a acreditar no ambiente. Eles são céticos. Elimine-os. Os céticos não estão aptos a viver aqui. Somente o sincero, fiel, otimista, terá a entrada concedida, admissão, para o plano de rendição.

Palavras de Śrīla Bhakti Rakṣak Śrīdhar Dev-Goswāmī Mahārāj

O que é o Govinda kunda de Nawadwip?


      Srila Guru Maharaj (Srila Sridhar Maharaj) nos informou que Sri Nabadwip Dham é uma forma não-diferenciada de Vrndavan. Em toda parte nas Escrituras, encontramos esse conhecimento. Na frente do Sri Chaitanya Saraswat Math existe um kunda (lago) e Guru Maharaj disse que ele é o Govinda-kunda.

     Quando eu disse que haveria necessidade de um ashram em Vrindavan para os devotos, Guru Maharaj disse que eu podia fazer um em Govardhana, onde, como vocês sabem, também fica situado o Govinda-kunda. Quando aquele Govinda-kunda se revelou em Navadwip pela graça de Srila Guru Maharaj, todos ficaram muito respeitosos. Nós também desconhecíamos a qualidade oculta do Govinda-kunda, mas, depois que ele a revelou. Aceitamos isso amplamente, pois aqui está manifesta a forma não-diferenciada de Vrindavan, de Govardhana e do Govinda-kunda. No Garga-samhita, obtivemos mais informação sobre o Govinda-kunda.

   Vedavyasa nos deu um conhecimento supremo através do Srimad Bhagavatam. Ele disse que obteve inspiração especial e uma consciência honorável de seu mestre, Narada Goswami. Sem dúvida, Vedavyasa se sentia um tanto hesitante no Srimad Bhagavatam, pois não tinha falado o nome de Radharani. Os passatempos de Krishna são descritos no "Bhagavatam" de várias maneiras, mas o nome de Radharani não havia sido dito porque o "Bhagavatam" foi descrito por Sukadeva Goswami na assembleia de Parikshit Maharaj onde estavam presentes tantos devotos internos e externos que não expunham publicamente o nome de Radharani. Mas, em seguida, Garga Rishi teve o consentimento de Vedavyas e, após oferecer a ele os seus respeitos, compôs o Garga-samhita.

   Em quase cada capítulo, Garga Rishi descreveu a religião tomando os nomes de Radharani e de Krishna. O Garga-samhita descreve os passatempos de Radha e Krishna de modo muito profundo. No capítulo intitulado "Giriraj Kundam", obtemos o conhecimento mais profundo a respeito do Govinda kunda.

   Garga Rishi escreveu a respeito do Govinda kunda: Depois de ter sido derrotado por Krishna em Govardhana e ter obtido uma nova consciência a respeito de Krishna, Indra, o rei dos semideuses, adorou Krishna de forma muito gloriosa. Indra trouxe uma vaca surabhi para fazer o abhiseka (banho), a adoração gloriosa do Senhor Krishna com leite. A vaca surabhi ficou muito feliz de oferecer tanto leite e ele realizou o abhiseka do Senhor Krishna Gopal com todo aquele leite. O Govinda-kunda é esse abhiseka amrita, o local onde ocorreu o banho de néctar. O Govinda kunda está cheio do néctar do abhiseka amrita. Desse dia em diante, todos compreenderam o poder do Govinda-kunda e o estão glorificando como fez Garga Rishi. A pessoa que se banhar no Govinda-kunda ficará livre de todos seus pecados e das reações pecaminosas de qualquer tipo de ofensa ou de vida pecaminosa que tenha vivido. E, quem se banhar no Govinda-kunda com Krishna, com o nome de Krishna e com a lembrança de Krishna obterá uma forma divina semelhante à do Senhor Krishna após a morte. Obterá swarupya (o tipo de liberação em que a alma obtém um corpo parecido ao de Krishna). Desse modo, Garga Rishi glorificou o Sri Govinda-kunda no capítulo "Giriraj Kundam" de seu livro Garga-samhita. Depois de ler esse livro, eu mesmo fiquei muito impressionado.

  Na verdade, isso está revelando que este Govinda kunda é igual ao de Vrindavan. De qualquer modo, Guru Maharaj desejava que o Chandan Yatra de Sriman Mahaprabhu fosse realizado no Govinda-kunda. Todos poderão desfrutar nas águas sagradas do Govinda-kunda, banhando-se nele e glorificando-o. Penso que este ano isso talvez não seja possível, mas os devotos estão tão curiosos para saber mais a seu respeito e por isso estou trazendo algum conhecimento sobre este Govinda-kunda, que é a forma não-diferenciada do Govinda-kunda de Vrindavan, revelado no coração de Srila Guru Maharaj  diante de nós, os devotos do Sri Chaitanya Saraswat  Math e outros.

  Convidamos todos os devotos que venham e contemplem a beleza do Govinda-kunda e obtenham o supremo benefício para suas vidas espirituais banhando-se nele.

Explicação de Srila Bhakti Sundar Govinda Dev-Goswami Maharaj