Este mundo é realmente uma prisão para as almas condicionadas?

   
  Aqueles que não desejam qualquer coisa deste mundo material são chamados niskincana devotos. Em sua opinião, não há nada, nenhum objeto ou entidade neste mundo, que podem nos dar felicidade eterna. Esta terra é uma prisão para a alma condicionada. Como resultado de nossa aversão a Krishna nos tornamos prisioneiros aqui e estamos sofrendo, assim, tanta dor e agonia. Como prisioneiros estamos sob o controle do carcereiro desse presídio - nossa mente - e, consequentemente, nós concebemos a nossa tristeza como  sendo felicidade. Com isso atingimos nossa devida aflição. Cada tolo que corre atrás de gozo dos sentidos neste mundo material ilusório vai encontrar-se enredado por ignorância nas garras de maya.

   Aqueles que são grha-vrata, que tomaram um voto para entrar e aproveitar a vida mundana, pensa: "Devemos obter um servo e, agora que nos tornamos grha-vrata, iremos gerenciar tudo com facilidade e facilmente compreenderemos tudo com a ajuda de nossos próprios sentidos". O desejo de se tornar um político, um literato, um estudioso, uma pessoa rica, um altruísta, o líder de uma nação, um intelectual ou um materialista em geral é nada, mas sim o desejo de se tornar o mestre de maya.
 
No entanto, Prahlada Maharaja diz, "Não deixe que os seus sentidos vaguem para o mundo exterior. Não segure objetos materiais externos com estima". Nós nos tornamos deha-atmavadis (aqueles que consideram o corpo como sendo o eu) e grha-vrata (aqueles que tomaram um voto para entrar e aproveitar a vida mundana) e, assim, nós nos vestimos como mestres deste mundo. Nós vemos este mundo com os olhos de quem busca satisfação egoísta e prazer, e pensamos que todos devem ser nossos servos, sempre dispostos a esperar por nós. Todos os elementos como terra, água, fogo, ar, éter; assim como a lua, o sol, os planetas, as constelações; plantas, animais, árvores e trepadeiras - todos estão preparados para o meu prazer. Nós pensamos: "Eu sou o desfrutador deste mundo; tudo se destina a servir-me". Mas será que alguma vez consideramos para que é este mundo  na verdade? É um instrumento para ser usado no serviço de Jagadisvara, o Senhor do Universo. Se não estamos envolvidos em hari-bhajana, então, não temos sequer o direito de tomar um pedaço de palha deste mundo.

 
Resposta de Srila Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura Prabhupada